ornamento de mandala

Naberius

Cerberus, Cerebus, Kereberus

Linguagem

Naberius é um marquês que comanda 19 legiões de espíritos, e aparece como um corvo negro flutuando sobre o círculo mágico, falando com voz rouca. Também pode aparecer como um cachorro com três cabeças, podendo ter pés de pássaro. Torna os homens versados em todas as artes e ciências, especialmente na arte da retórica. Também restaura dignidades e honras perdidas.

Análise

Naberius, ou Cérbero, é um daemon que ensina sobre artes e ciências, especialmente a retórica, recuperando também dignidades e honras. É balanceado pelo poder do anjo Haheuiah (também chamado Haiviah ou Chevaiah).

Haheuiah governa exilados e fugitivos, protege contra animais, ladrões e assassinos, e preza pela sinceridade e pelas ciências exatas. A proteção contra animais e a busca da sinceridade tornam este anjo útil contra possíveis enganações ou ambiguidades utilizadas pelo daemon Naberius, que é versado na arte da retórica.

A frase utilizada no selo do anjo (Salmo 147:11) diz “Iahweh aprecia aqueles que o temem, aqueles que esperam o seu amor”. Este salmo contém um elemento muito presente no Antigo Testamento, que é o ato de temer a Deus mas ao mesmo tempo considerá-lo benévolo e esperar seu amor, algo somente alcançado por meio do entendimento de seu vasto poder. Assim o magista alcançará a proteção necessária para lidar com o daemon.

Selo de Naberius

círculo de goécia salomônica