ornamento de mandala

Marbas

Barbas, Barba, Helleborus

Doenças

Marbas é um presidente, que aparece na forma de um grande leão, respondendo sobre coisas escondidas ou secretas. Ele causa doenças e cura as mesmas, e concede sabedoria nas artes mecânicas, podendo também mudar a forma dos homens. Ele governa 36 legiões de espíritos.

Análise

Marbas é uma entidade com características muito próximas às dos néteres egípcios Maahes e Sekhmet. Maahes ou Mihos é tido como o devorador dos culpados e protetor dos inocentes, e lutava contra a serpente Apep para proteger o Sol, Rá. Outros epítetos de Maahes são Senhor da Matança e Senhor Escarlate, estando associado a guerras. Sekhmet, mãe de Maahes, é símbolo da punição de Rá, e associada à justiça, mas também à cura, representando a medicina. Juntando-se os atributos de Maahes e Sekhmet, temos Marbas como um Daemon relacionado a curar e causar doenças, além de ensinamentos mecânicos (para mecanismos bélicos).

O nome Helleborus é também o de uma planta, que possui qualidades medicinais em baixa concentração, mas que em alta concentração pode causar problemas no sistema nervoso, além de depressão e morte. Na Grécia e Roma antigas, era usada de forma diluída para tratar paralisia e insanidade, além de outras doenças. Observa-se, portanto, o caráter de causar ou curar doenças, dependendo da quantidade ingerida.

A gematria do nome Marbas fornece o valor 204, relacionado à dualidade do 2 (cura/doença), e também ao plano material do 4, tanto em termos de saúde física quanto em termos de habilidades mecânicas. O valor se reduz para 6, que seria a manifestação de um espírito em uma forma física, formando um corpo animado. O aspecto de moldar o corpo físico, regenerando a alma, se apresenta de forma clara.

A associação com a ligação Kether-Binah se dá pelo fato de Marbas ter um caráter muito próximo à realeza (outro aspecto do Leão), com foco na Severidade, entregue aos homens em Binah na forma de compreensão e justiça divina.

Selo de Marbas

círculo de goécia salomônica