ornamento de mandala

Leraje

Leraie, Leraic, Leraikha

Batalhas

Leraje é um marquês que governa 30 legiões. Aparece na forma de um arqueiro vestido de verde, ou como uma mulher com vestes egípcias. Pode influenciar o início de batalhas e causar ferimentos que não cicatrizam, ou cicatrizar feridas.

Análise

A simbologia de Leraje está relacionada com vários mitos sobre flechas envenenadas causando feridas que não cicatrizam. Uma das mais conhecidas é a de Hércules, que atirou flechas para se proteger de um grupo de centauros inebriados pelo cheiro de vinho. A flecha acertou Quíron, que era imortal, mas passou a viver em uma caverna após o ferimento. A simbologia de Robin Hood como arqueiro que buscava regular homens excessivamente gananciosos também possui certa relação com tais mitos.

“”Seja Iahweh fortaleza para o oprimido, fortaleza nos tempos de angústia””. Este é o Salmo do anjo Mebahel, que possui correspondência com o daemon Leraje. Este anjo tem regimento sobre batalhas e conflitos (como Leraje), podendo aplacá-los. Também protege o magista de injustiças, e em momentos de angústia.

A letra Tet possui vários significados relacionados a Leraje. Seu significado mais direto é o da Cobra (no aspecto da ferida que não cicatriza), mas também está relacionado à Força e à Justiça (equilíbrio e resolução de conflitos) em associações posteriores com as Arcanas Maiores do Tarot. A própria evolução da letra, a partir de um hieróglifo representando o “”bem””, e posteriormente uma roda, pode ser associada de forma satisfatória ao daemon.

Selo de Leraje

círculo de goécia salomônica