Baal

Tempestade, fecundidade, fogo

Baal é o primeiro rei do submundo, que comanda o Leste. Ele faz com que os homens se tornem invisíveis, concede fertilidade, e comanda 66 legiões de espíritos infernais. Baal aparece em diversas formas, como um gato, um sapo, um homem, ou como uma aranha contendo três cabeças (de gato, de sapo e de homem com uma coroa). Ele fala de forma apressada.

Daemon Baal

Análise

Deriva dos deuses Baal Haddad, Baal Hammon e/ou outros Baals que eram “deuses nacionais” ou patronos de cidades-estado no Oriente Médio. Sendo também chamado de Adade e associado a Moloch nas antigas culturas do Oriente Médio, o deus Baal era tido como uma das principais divindades de seu panteão. Possuía poderes relacionados aos raios e às tempestades, que teria utilizado para derrotar sua inimiga Zabib, absorvendo suas características (e possivelmente se tornando Baal’Zabib ou Belzebu).

Baal é descrito na Bíblia como um falso deus adorado pelos inimigos de Israel (1 Reis 18), tendo seus seguidores mortos por Elias após demonstração de poder por meio de um milagre.

Seu nome significa “senhor” e ele representa todas as questões de majestade e comando.

A simbologia do gato baseia-se em estar presente em todas as esferas físicas e divinas, que somam 9 mundos, segundo os egípcios, dos quais 7 são reinos espirituais. Por isso diz-se que os gatos têm 9 ou 7 vidas. O sapo está relacionado à adaptação tanto ao ambiente aquático (águas primordiais ou éter) quanto ao terrestre (mundo físico ou material). A aranha, por sua vez, conhece os fios da teia dos destinos, e consegue andar por eles com maestria. Já a cabeça humana funciona para direcionar e comandar as outras duas, assim como o corpo.

Também atua como condutor na corrente do Ars Goetia, e pode ajudar as pessoas a se alinharem com a egrégora demoníaca para melhor efetividade em rituais e evocações.

Recomendamos que sejam oferecidos moedas, chaves, ouro ou pirita, teias de aranha, pelos e unhas de gato, sapos ou aranhas mortos (coletados eticamente).
Velas pretas ou de sebo de carneiro, incenso ou óleo de canela, folhas e flores de funcho, sementes de erva-doce, podem ser ofertados para este Rei.

Resumo

Número1
NomeBaal
Outros nomesBael, Baal’Zebuth
ElementosTempestade, Fecundidade, Fogo
SignificadoBaal, “senhor”
HierarquiaRei do Leste
Legiões66
AparênciaPossui três cabeças, uma de gato, uma de sapo e outra de homem com uma coroa, sobre o corpo de uma aranha. Fala apressadamente.
PoderesInvisibilidade, fertilidade
IsopsefiaEm idioma moderno, 2+1+1+20=24=6
Tarot2 de paus
AstrologiaSol em Áries
Decanato0°-10° Áries (dia)
Mul.ApinGU.AN.NA / Touro
AnjoVehuiah
EntidadeBaal Haddad
OutrosBaal Hammon, Baal Berith, Baal Peor, Baal Zaphon, Belzebu, Moloch, Zeus (jovem), Poseidon, Hades, Lúcifer, Exu, Lugh, Marduk, Dionísio

Selo de Baal

Selo do Daemon Baal